Como cachear cabelo com química ou progressiva? Dicas para enrolar fios alisados

Bom dia, boa tarde, boa noite minha querida cabeluda alisada, que por essas horas já está de saco cheio de tanto tempo com o cabelo na progressiva/química, e agora está afim de voltar aos cachos poderosos, não é mesmo? Porém, como a estrutura do fio foi modificada, bateu aquela dúvida cruel:

Tem como cachear o cabelo com progressiva/química?

De maneira natural? Tem não amiga, só esperando crescer de novo… Mas calma! A gente sempre pode dar o nosso “jeitinho” para enrolar os fios sim! Já já vamos ver tudo que rola fazer pra resolver esse problema.

A primeira coisa que você deve se perguntar é: “Quero meus cachos originais de volta ou quero apenas dar uma cacheada temporária, mantendo o alisamento?

Seja sincera e responda com certeza, pois caso queira os cachos originais de volta, o que eu recomendo muito, e vale a pena, é um processo mais trabalhoso e que requer mais força de vontade, já que envolve abandonar de vez a progressiva e passar pela famosa transição capilar.

Agora, independente de você entrar na transição capilar ou não, vamos às dicas para cachear o cabelo alisado:

Use produtos específicos para cabelos cacheados

Já que você quer cachear seus fios, pode ir usando shampoos, máscaras e condicionadores com foco em cabelo cacheado, pois eles possuem componentes que ajudam a manter os cachos definidos de quem usa e, no seu caso, pode ajudar a dar aquela onduladinha já durante o banho.

Um produto muito interessante para ajudar a cachear é o Ativador de Cachos, que serve para o cabelo “lembrar” que é cacheado, entende? rsrs. Ele estimula o fio a enrolar “de volta”. Então, arrume um desses para ajudar na finalização e texturização que falaremos mais adiante.

Se você escolher abandonar o alisamento de vez, um produto que pode te ajudar bastante é o Shampoo Antirresíduos, já que ele consegue retirar aos poucos a química impregnada nos seus fios.

Ok, tem gente que fala que isso é mito, mas existem muitos relatos de seguidoras falando que é verdade, então, tente.

Só tenha cuidado ao usá-lo, porque como ele limpa super profundamente, pode ressecar bastante o seu cabelo. O ideal é usar de 15 a 15 dias no máximo, tá bom?

Finalização após lavagem

As crespas e cacheadas já estão super acostumadas com esse processo, que consiste em usar um creme de pentear, finalizador, ativador de cachos, e tantos outros produtos para “finalizar” o cabelo após a lavagem, o que ajuda a definir mais ainda os cachos.

Existem várias técnicas de finalização, mas as mais recomendadas para cachear o cabelo alisado são a Fitagem e a Rake and Shake:

Fitagem: com o cabelo úmido, coloque uma quantidade de produto nas mãos (de preferência um ativador de cachos) e “penteie” as mechas com os dedos, espalhando o produto por todo o comprimento do fio.

Depois, pegue as pontas da mecha com a palma da mão e traga o cabelo para a raiz, como se estivesse “amassando” a mecha.

Faça isso com todas as mechas.

Rake and Shake: Aqui o processo é quase igual ao da fitagem. Faça toda a primeira parte dita acima.

Na hora de pegar as pontas das mechas, você não vai amassá-las, mas vai segurar firme, esticar as mechas, e então sacudir bastante.

O balanço da “sacudida” fará com que seu cabelo crie ondas. Faça isso com todas as mechas.

Mas qual finalização eu uso, Lu?

O ideal é você testar essas duas finalizações pra ver qual você gosta mais.

Ah, outra coisa super importante: depois de finalizar, se for secar o cabelo com secador, utilize um difusor! Assim as ondas se mantém e não perdem a forma voando para todo lado igual quando secamos apenas com o secador.

E não se esqueça de usar proteção térmica antes de qualquer coisa que vá trazer calor aos fios, hein! Para esses casos, existem finalizadores e leave-ins que já vêm com proteção térmica. Então, preste atenção neles.

Texturização

Aqui você pode mudar a curvatura do seu fio com algumas técnicas simples, por exemplo:

Mini coquinhos: com os cabelos úmidos e/ou com finalizador, faça vários coques pequenininhos e prenda-os com grampos. Depois que secar, é só soltar tudo que suas mechas estarão cheias de ondas.

Trancinhas: também é possível conseguir a texturização fazendo tranças no cabelo. Com as mechas úmidas e/ou com finalizador, trance-as e espere secar. Aí é só soltar.

Dedoliss: você já conhece o Babyliss, não é mesmo? Pois bem, aqui você vai enrolar as mechas úmidas e/ou com finalizador nos seus dedos, criando “cachinhos” com eles. Espere secar e pronto.

Babyliss: claro, também pode ser feito o famoso babyliss. Mas aqui o cuidado é sempre ter usado uma proteção térmica para proteger os fios do calor. Lembra que muito calor também pode alterar a estrutura dos cachinhos e isso é a última coisa que você quer.

Agora é só testar e ver qual você curte mais!

É isso. Espero que esse conteúdo tenha sido útil e qualquer coisa comenta aqui embaixo!

Beijos!
signature

Compartilhe

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário/dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.