Acidificação Capilar: O que é, Como Fazer e Como Usar o Acidificante

Tá aprendendo a cuidar melhor do seu cabelo, principalmente se ele for tingido, mas se deparou com termos como Acidificação Capilar, Acidificante e etc? Fica comigo que você vai entender tudo e mais um pouco sobre o que é, como funciona, quais as vantagens e pra quem é recomendado esse procedimento 😉

O que é Acidificação Capilar

Acidificação Capilar é o ato de tornar o cabelo mais ácido. Ou seja, diminuir o seu pH.

Lembra quando falamos que tanto nosso cabelo quanto os produtos e procedimentos capilares têm seu próprio pH?

Pois é, o cabelo saudável possui um pH de 4,5 a 5,5, enquanto uma química de alisamento, por exemplo, pode ter um pH de 13.

Ficou confusa? Calma que te explico: o pH é uma forma de medir se uma coisa é ácida, neutra ou básica (também pode chamar de alcalina). Todo pH menor que 7 é ácido, sendo que quanto mais próximo de 0, mais ácido ele é. E o maior que 7 é alcalino, sendo que quanto mais próximo de 14 mais alcalino ele é. Já o pH 7 é o neutro.

A imagem abaixo vai te dar uma boa noção de como funciona essa história toda:

Escala de pH

Como vimos na imagem, o pH do nosso cabelo fica entre o tomate e o café no nível de acidez (4,5 a 5,5), rsrs.

O que é Acidificante Capilar

Acidificante Capilar é aquilo que usamos no cabelo para fazer a acidificação. Ou seja, aquilo vai fazer o cabelo ficar mais ácido.

O Acidificante pode ser um produto industrializado, que compramos na loja de cosméticos, ou uma receita caseira à base de vinagre de maçã, por exemplo.

Nesse momento, você pode estar pensando em “como assim deixar o cabelo ácido”, e “por que fazer isso”, não é? Vamos entender melhor a seguir:

Por que acidificar o cabelo, afinal?

Para entendermos por que tornar o cabelo mais ácido, precisamos antes entender como nosso fio de cabelo reage aos diferentes pHs (que você já viu acima).

pH ácido no cabelo

Quando usamos produtos ou tratamentos de pH ácido (menor que 7), as cutículas do fio do cabelo se fecham, ficando mais juntinhas com o corpo do fio, deixando o cabelo com mais brilho e maciez, protegendo o que estiver dentro, como uma hidratação por exemplo. Porém, se usarmos algo ácido demais, as cutículas podem selar e o cabelo ficar rígido.

pH básico no cabelo

Já quando os produtos ou tratamentos possuem pH básico (maior que 7), as cutículas do fio do cabelo se abrem. Isso facilita os tratamentos a entrarem dentro do corpo do fio, principalmente os procedimentos que alteram sua estrutura, como alisamentos e descolorações. O ruim é que as cutículas abertas deixam o cabelo áspero, com frizz e com aparência ressecada, pois o fio não consegue segurar a água ou nutrientes dentro dele, entende?

Seguindo a mesma lógica anterior, quanto maior o pH, mais as cutículas se abrem e mais frágil e propenso ao dano o cabelo fica.

Abaixo você vê como é o fio de cabelo com as cutículas fechadas e abertas:

acidificação capilar - cutículas dos fios

Quem deve fazer Acidificação Capilar

Sabe quando o cabelo está com aspecto ressecado, áspero, e geralmente parece fraco e poroso? Então, esses são os sintomas de cabelos com as cutículas muito abertas. Nesses casos a acidificação vai ajudar a recuperá-las.

Normalmente, quem faz químicas no cabelo como alisamentos e descolorações também pode se beneficiar da acidificação.

Como usar o Acidificante Capilar

O Acidificante deve ser usado logo após o shampoo e antes da máscara ou creme de tratamento; não depois de lavar, tratar e condicionar, como muita gente pode pensar.

Por ele agir fechando as cutículas dos fios, é natural pensar em usá-lo no fim de tudo, para dar “aquela selada”, não é mesmo?

Porém, o que acontece é o seguinte: quando é hora de usar o Acidificante, nosso fio já está com as cutículas todas abertas, correto? E cutículas abertas não seguram tratamentos, nem nutrientes direito, correto? Então, se usarmos o shampoo e na sequência o creme de tratamento, quando formos enxaguar para dar sequência à lavagem, todas as propriedades daquele creme de tratamento vão escorrer pelo ralo, já que o cabelo não vai segurar.

“Mas se o Acidificante fecha as cutículas, aí que o tratamento não entra mais no fio”

Isso não é verdade. O que o Acidificante faz é deixar o fio com as cutículas mais próximas de um fio saudável. Assim, quando for tratar, o cabelo consegue segurar melhor as propriedades do tratamento. Ou você acha que cabelos saudáveis não seguram tratamento, rsrs.

De quanto em quanto tempo devo usar o Acidificante Capilar

Varia bastante, mas se seu cabelo estiver danificado demais, pode fazer a acidificação a cada 15 dias ou uma vez por semana, nunca mais que isso, tá?

Se seu cabelo estiver mais “de boinha” ou pouco danificado, pode fazer uma vez por mês que é sucesso.

  • Lembrando que nada do que foi dito aqui substitui o cronograma capilar, ok? Pois é ele que vai trazer a saúde e força aos seus fios a longo prazo, enquanto o acidificante serve mais como um “remédio emergencial”. Leia como montar seu próprio cronograma capilar.

E é isso! Espero que tenha curtido esse conteúdo e, para mais coisas legais, me segue nas redes: InstagramYoutubeFacebook.

Beijos!
signature

Compartilhe

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário ou dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.