6 dicas para passar pela transição capilar mais rápido

Não tem jeito, quando resolvemos largar as químicas e os alisamentos, somos obrigadas a enfrentar o processo de transição. Porém, existem maneiras que te ajudam a passar pela transição capilar mais rápido, para que você volte logo aos seus cachos originais!

Então, fica comigo que você vai ver a seguir algumas dicas e truques que vão te ajudar muito a acelerar o processo:

1- Cortes e Big Chop

Bom, se você é radical e descolada, não tem forma mais rápida de lidar com a transição do que fazer o famoso Big Chop – que nada mais é do que cortar fora todo o cabelo alisado, deixando apenas a parte natural. Inclusive raspando a cabeça, se necessário.

Porém, a gente sabe que nem todo mundo tem essa coragem e ousadia de mudar tão radicalmente o visual, não é? Até porque a gente sabe que toda mudança deve ser consciente e bem pensada. Ou seja, nada de sair chorando depois, pois o objetivo aqui é justamente outro: o da liberdade.

Então, caso você ainda não se sinta totalmente preparada ou até mesmo acredite que não faz o seu estilo, podemos fazer um pouco diferente: você pode cortar apenas as pontinhas todo mês. Que tal?

Assim, você vai eliminando aos poucos o cabelo com a textura lisa sem perder o comprimento.

2- Cronograma Capilar – o poder da Hidratação

Taí uma coisa que acho que todo mundo tinha que fazer, sem exceção, inclusive as lisas!

O cronograma capilar nada mais é do que uma rotina de cuidados que faz com que seu cabelo se mantenha o mais bonito e saudável possível, englobando as etapas de Hidratação, Umectação e Reconstrução.

Como o cabelo em transição possui dupla textura, a parte alisada possui as cutículas seladas com a química, fazendo com que os nutrientes não sejam absorvidos corretamente; enquanto que a parte cacheada é mais ressecada por natureza, pois a oleosidade natural tem dificuldade de passar pelos cachos para percorrer o fio todo.

Dito tudo isso, abuse da hidratação, pois vai ajudar bastante seu cabelo a recuperar a saúde e maciez.

Atenção: não deixe de lado as outras etapas do cronograma não, viu, já que a umectação vai ajudar o cabelo a recuperar os lipídios e nutrientes enquanto a reconstrução ajuda a recuperar a queratina, que nada mais é do que a “massa” do cabelo que é super danificada durante os alisamentos.

3- Adeus secador, escova e chapinha

É isso mesmo que você leu: pode guardar o secador, a escova e a chapinha, porque durante a transição você está proibida de usá-los, belê?

O maior motivo dessa proibição é o calor que eles produzem. Se você não sabe, o calor faz com que as cutículas dos fios se abram, fazendo com que a umidade natural e nutrientes se descolem, além de deixar os fios ásperos e ressecados. Ou seja, o contrário do que precisamos nesse momento, né não?

Sei também que, para algumas mulheres, é chato ter que esperar o cabelo secar naturalmente, pois pode demorar muito dependendo de onde você mora. Sem contar que algumas também querem fazer alguns truques, tipo “alisar sem processos químicos” durante esse período e, para isso, é necessário calor.

Então, se você quiser MESMO fazer isso, assista a esse vídeo sobre mitos e verdade sobre essas fontes térmicas. Só não recomendo tanto porque muita gente não sabe como usar e acaba piorando a situação. Mas enfim, assista aí que já já você entende tudinho e mais um pouco:

Só sei que assim, se eu, que moro em Curitiba, a capital mais fria do Brasil, costumo secar em 90% das vezes o meu cabelo naturalmente, você também consegue, vai! E ainda que o difusor possa ajudar a definir mais os cachos a depender do seu tipo de fio, é realmente importante pensar nos prós e contras citados nesse post e vídeo.

O mais importante aqui é não deixar seu cabelo perder nutriente “à toa”, pois isso enfraquece e já viu: mais demorará para crescer.

4- Texturização

Uma coisa legal de fazer é texturizar as partes alisadas do cabelo. Você pode pegar um creme de pentear, finalizador ou ativador de cachos, e fazer um “dedoliss” nas mechas – que nada mais é do que você enrolar os cachinhos como se fosse o babyliss, mas com os seus dedos.

Outra coisa também é fazer mini coquinhos, prendê-los com algum grampo ou coisa parecida, daí quando estiverem secos, soltar tudo.

Ah, tem também as famosas tranças que nossas mães faziam e sempre davam aquela “cacheadinha” quando a gente soltava, lembra?

É testar e ver qual resultado te agrada mais. E ainda, quem sabe, ir criando suas próprias técnicas a partir daí. Você vai ver como dá pra disfarçar legal desse jeito.

5- Penteados

Essa é uma dica que considero uma das melhores, pois além de conseguirmos disfarçar a dupla textura, criamos um novo estilo para nosso cabelo. Adoro!

Alguns penteados mais comuns para quem está em transição são os seguintes:

Coque alto

Super prático e rápido de fazer, server para qualquer ocasião e disfarça bem a dupla textura.

Coque duplo

Além de prático, é super estiloso.

Você também pode abusar dos acessórios, tiaras, enfim. Use sua imaginação que sei que ela é melhor do que você pensa.

Box Braid

Esse tipo de trança consegue disfarçar super bem as texturas dos fios, além de serem super lindas. Rola até usar tranças com cores diferentes, que tal?

Existem também outros tipos de tranças. Pesquise pelos profissionais da sua cidade + respectivos estilos e faça a que você se identificar mais.

6- Acessórios estilosos

Outra forma de “mascarar” a textura dos fios, é abusar de acessórios chamativos, como brincões e colares. Assim, não só os olhares dos outros, como principalmente o seu (que é o que importa), ficará difundido meio a tanto estilo 😉

O importante é entender que esses acessórios atraem a atenção de quem vê, fazendo com que os cabelos fiquem em segundo plano.

Se quiser ousar mais, rola juntar com algum penteado, hein? Fazer uma misturança doida. Para se inspirar ainda mais, pode até fazer fotos temáticas, como essa que fiz para meu instagram:

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Luiza Costa (@pergunteaumamulher) em

Diga se com um cabelão selvageria desses a definição seria necessária para ficar bonito?

Se joga e qualquer coisa grita!

Beijos!
signature

Compartilhe

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário/dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.