O que é reconstrução, como e quando fazer – Cronograma Capilar para iniciantes – parte 3

Reconstrução capilar: houve um tempo em que a gente pensava que só dava pra fazer no salão e gastando horrores, né? Felizmente existe a Internet e hoje você vai aprender com a Lu o que é a reconstrução e como fazer esse processo em casa.

O que é reconstrução?

Como o próprio nome já sugere, é o processo de reconstruir a fibra dos fios. Mais especificamente, repor a queratina, que é a proteína responsável por mais de 80% da composição do nosso cabelo. Ou seja, coisa pra caramba, né?

Os outros 20% se dividem em lipídios (gordura) e água, completando assim as outras etapas do cronograma capilar, que são a Umectação e a Hidratação, respectivamente.

O que causa essa perda de massa/queratina?

Brinco que só de você estar vivo, já está perdendo. Porém, é claro que os agentes externos, tais como muita exposição ao sol e demais fontes de calor, bem como o excesso de tratamentos químicos e falta de cronograma capilar aceleram consideravelmente o aparecimento do problema.

Como saber se preciso fazer reconstrução no meu cabelo e quantas vezes devo fazer?

Essa parte nem sempre é fácil. Porém, com o tempo você vai pegando o jeito. Ou até mesmo os truques. Veja os meus:

Como não sou a louca das químicas e o meu cabelo é saudável, já coloco na mente que ele precisa de uma reconstrução ao mês.

Porém, se tivesse passado por um problema químico mais potente, como por exemplo uma descoloração, progressiva e afins, já faria de 15 em 15 dias – até ver que a fibra do meu cabelo voltou ao normal. Até porque, quem faz esse tipo de procedimento, geralmente já nota o cabelo mais fraco/quebradiço e, em alguns casos, até mesmo emborrachado, né? É nítido.

Ou seja, precisa de reconstrução!

MAS ATENÇÃO

Pouca gente conversa sobre isso, porém, apesar do objetivo dessa etapa ser reconstruir o seu fio, logo, deixá-lo mais forte, se você fizer com ele fraco demais, pode dar efeito rebote. Ou seja, ele pode terminar se quebrando inteiro.

Isso acontece justamente por essa etapa ser “forte demais”. E por isso mesmo que recomenda-se nunca dar espaços menores do que o de 15 em 15 dias, para não enriquecer demais seus fios e nem causar outros problemas.

Ok, tem gente que recomenda uma vez por semana, mas eu acho arriscado independente do estado que seu cabelo estiver!

E, tão importante quanto, você deve estar com as etapas da nutrição e hidratação – ou seja, seu cronograma capilar – em dia, justamente para garantir que seu cabelo (mesmo fragilizado) aceite da melhor forma possível a reconstrução.

Na dúvida, assista a esse vídeo em que expliquei mais aprofundadamente sobre isso:

Como reconstruir meu cabelo em casa?

Independente do seu tipo de fio, existem alguns tipos de reconstrução. As que eu mais uso são:

1- A queratina líquida pura.

Ou…

2- Os cremes de tratamento com função reconstrutora. Nesse caso, você também pode usar uma máscara de hidratação “batizada” com queratina líquida e, assim, fazer seu próprio creme de tratamento reconstrutor caseiro. Só aconselho que coloque a queratina apenas na parte que for usar, não no pote inteiro.

Reconstrução com queratina líquida

Essa forma é a que eu mais uso e já adianto que ela costuma ser mais forte/potente que as outras. Por isso mesmo, é recomendada apenas para cabelos que já estão fortes o bastante para aceitá-la.

Se o seu cabelo ainda está fragilizado demais, recomendo que comece pela opção abaixo.

Reconstrução embutida em máscaras de tratamento capilar

Sabe quando você vai à farmácia ou ao supermercado, lê o rótulo e está escrito “Máscara de Hidratação”, ou “Máscara de Nutrição”?

Pois é, também existe a “Mascara Reconstrutora”, que talvez por ser menos vendida (até porque as pessoas usam menos), passa desapercebido por muita gente. Mas o importante é que você saiba que ela existe, e aí, é só procurar por uma que esteja escrito essa função como a principal (já destacada) no rótulo.

Você também pode batizar a sua máscara de hidratação, conforme já ensinado acima e, assim, teria uma reconstrução um pouco mais suave para os fios. Só não coloque produto demais!

No meu cabelo que é grande, eu coloco uma colher de sopa apenas na quantidade de máscara que eu for usar.

Para as loucas dos rótulos: existem outros tipos de reconstrução com outros componentes e também as dos salões. Mas para você que está querendo fazer em casa, recomendo essas mais fáceis e populares para começar.

  • Fiz também um vídeo mostrando como faço a minha reconstrução em casa, só dar o play abaixo:

Espero ter ajudado, e fique de olho no canal Luiza Costa Cachuda que em breve vai ter vídeo sobre reconstrução por lá!

Beijos!
signature

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário/dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.

Criei esse espaço para que a gente possa trocar nossos melhores truques sobre cabelos cacheados (mas nem sempre), saúde, beleza, autoestima e o que mais der na telha.

Previous
Como secar o cabelo cacheado?
O que é reconstrução, como e quando fazer – Cronograma Capilar para iniciantes – parte 3