Para onde vai a gordura modelada pela cinta modeladora, se cinta não emagrece?

Como já conversamos no primeiro post sobre cintas modeladoras, cinta não emagrece, mas sim molda as nossas gordurinhas, fazendo uma distribuição esteticamente mais agradável (para a nossa sociedade de hoje), por assim dizer. Então vem a pergunta: para onde vai a gordura modelada pela cinta modeladora quando a gente “afina”?

Se cinta não emagrece, para onde vão as gordurinhas?

É engraçado falar sobre isso, porque às vezes parece que nem a comunidade científica concorda 100% em todos os pontos. Porém, como uso cinta modeladora há mais de um ano, nada como dar não só a minha opinião, como minha vivência pessoal, né? Ou seja, o que funcionou e fez sentido para mim.

Eu poderia usar vários termos científicos que falam sobre gorduras que incham e desincham e que nunca saem de lá; falar sobre apoptose, entre outros. Porém, resolvi focar no que realmente aconteceu comigo e com várias outras pessoas que conheço (que também usam a cinta), independente dos termos científicos. Daí claro, você pode colocá-los no Google caso queira entender mais a fundo ainda.

Enfim, vamos manter a nossa didática o mais leve possível para que possamos entender bem.

A gordura não pode ser deslocada quando é comprimida

Mas o quê? Como assim, Lu?” Você deve estar se perguntando, rsrs.

Conversando sobre cintas com uma das vendedoras especializadas, ela me respondeu algo muito interessante:

É fisiologicamente comprovado que a gordura não pode ser deslocada conforme é comprimida. O que existe é uma redução e o retorno da gordura à corrente sanguínea, sendo realocada de acordo com a tendência genética da pessoa.

Ou seja, essa gordura vai uma parte para o sangue e outra parte para outras áreas do nosso corpo. O que faz todo sentido. Porém, a gente também sabe que nem toda gordura tem o mesmo fim.

Algumas partes dessa gordura podem sim voltar para a corrente sanguínea, outras podem sofrer apoptose (é um termo técnico que não faz muita diferença para quem quer o resumo da obra, mas se você for meio científica, rola botar no Google, lembra?) e outras partes podem simplesmente se moldar/realocar em outros lugares do corpo.

Uma vez assisti a um vídeo do Dr. Rey muito interessante, em que ele falava algo parecido com o que já disse no post sobre se cintas modeladoras funcionam mesmo.

Ele não só recomenda o uso, como também falou que gordura não gosta de aperto. Tanto é que, quando usamos sutiãs, calças apertadas e afins, no lugar do “aperto” elas sempre somem e fica aquele “furinho”, né?

Enfim, você pode ver direitinho nesse vídeo aqui:

A gordura também pode ir para onde você tem mais predisposição genética

Isso também faz todo o sentido, visto que, se cinta não emagrece, mas você continua comendo a mais enquanto usa, é normal que role um “bloqueio da cinta” nessas áreas e a gordura acabe indo para outros lugares.

O que importa aqui é que, sim, é comum uma pessoa usar cinta e acabar engordando em outras regiões do corpo. Por isso também é legal manter uma alimentação saudável para que isso não aconteça. Até porque ninguém usa cinta pensando em engordar, né? E, obviamente, se você não engordou e está com uma alimentação saudável, não tem por que engordar em outras áreas.

“Lu, eu conheço gente que diz que a gordura foi toda pra bunda, pernas, seios e afins!”

Eu também conheço, mas tal como já dito anteriormente: ela tende a ir para onde você tem mais predisposição genética. Ou seja, também poderia ir para seus braços e demais regiões que você não gostaria tanto.

Como cada mulher é um universo particular, você teria que “pagar pra ver”, para saber aonde a gordura iria no seu corpo, uma vez que está fazendo uso da cinta. Tem gente que fala até que a ppk aumentou, mas aí não sei, porque a minha sempre foi grande kkkk.

Exercícios físicos e acompanhamento médico ainda é a melhor combinação

Talvez o mais saudável mesmo seja a boa e velha academia, acompanhada de nutricionistas, nutrólogos e seus exames de rotina. Assim, você também ganha massa muscular, não apenas gordura, e consegue controlar o quão bem ela está fazendo para o seu corpo.

Inclusive, no treino caseiro de escadas que faço aqui no meu prédio, a minha bunda, que já é grande, aumentou bastante, além das minhas coxas, que nunca foram finas, mas agora elas estão com mais músculos, não gordura sabe?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Luiza Costa (@pergunteaumamulher) em

A gordura que tenho é porque eu como demais mesmo, rsrs.

Mas imagina só se eu comesse, não fizesse nenhuma atividade física e contasse com a roleta russa da cinta pra ver pra onde minhas gordurinhas iriam? Além de ter apenas gordura sem músculo, ainda correria o risco de engordar mais ainda do que estava antes de começar a usar a cinta.

Afinal de contas, tudo tem limite, claro. E se você usa cinta porque gosta de cinturinha fina, não faz muito sentido usá-la para engordar horrores. Seja em qual lugar fosse, né?

É isso, envie essa reflexão para suas amigas que usam ou que gostariam de arriscar a usar cintas e espero ter ajudado vocês!

Beijos!
signature

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário ou dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.

Criei esse espaço para que a gente possa trocar nossos melhores truques sobre cabelos cacheados (mas nem sempre), saúde, beleza, autoestima e o que mais der na telha.

Previous
Como descolorir o cabelo preto / escuro de forma saudável: Dá pra ficar ruiva ou loira ;)
Para onde vai a gordura modelada pela cinta modeladora, se cinta não emagrece?