Academia em Casa: os Benefícios de Andar de Escada – meu Treino Caseiro

Como a galera do instagram já sabe, tenho feito um treino relativamente pesado, porém, caseiro e bastante legal de escadas. Mostrando minha rotina algumas vezes ao mês nos stories.

Fiquei feliz por ter inspirado algumas – e alguns – de vocês. Porém, algumas perguntas são um pouco mais complicadas ou longas de responder através desses mesmos stories, e é aí que entra a utilidade de outros formatos de comunicação: nesse caso, o site aqui =)


Mas antes disso, só pra avisar que deixei os melhores momentos das filmagens em destaque lá no instagram, tá? O destaque chama “Projeto pernão zero reais”. E aqui, na parte escrita, deixarei um resumo do meu treino atual + resultados e benefícios que tenho visto e coisas extras que o formato proporciona.


Com o tempo, pretendo fazer outras postagens e atualizações para vocês. Mas por enquanto, está assim:

Meu treino atual

Tenho subido e descido todos os 13 andares do meu prédio durante 3 vezes. Resultando assim em deliciosos 39 andares de subida + 39 de descida.

Quando estou inspirada, faço 13 andares a mais. Mas,,,,

Se você é iniciante ou é preguiçoso mesmo:

Já aviso: não se force, até porque senão depois você se sente pressionado(a) demais e desiste.

13 andares parece muito mesmo, e é!!! Acho um horror até hoje kkkk.

E é por isso que tenho meus macetes:

Meu estímulo para cansar menos

Tente fazer seu percurso sem som. Depois, tente fazer com som.

A diferença é brutal, porque fora a música ser terapêutica e mais todo aquele blablablá que a gente já sabe, ela também ajuda o tempo a passar muitoooooo mais rápido. E consequentemente, seu corpo aguenta bem mais.

A minha favorita para esse momento é “Celta Vermelho” do Projota. Também ouço “Lua de Cristal” da Xuxa às vezes. Mas vai do seu gosto. Eu sou eclética e nada “cult” nessas horas =)

Eu também costumo dar replay mil vezes na mesma música quando ela me empolga, porque isso me ajuda muito também.

Já foi ao médico?

Outra coisa legal, não só para subir escadas, mas também para ingressar na academia e na vida, é sempre ter seus exames médicos em dia (principalmente os do coração para esse nosso caso em específico). Inclusive, aquela história de “faça no seu tempo” também serve pra você não ter um infarto nem um tremelique nervoso nas escadas, sabe?

Nunca me esqueci de um dia em que fui para a Ilha do Mel com meus pais. Minha mãe, sedentária que só ela, foi subir umas escadas maiores por causa de uma vista que tinha lá. E nossa, pensa numa pessoa que a gente achou que fosse morrer. Fiquei bem assustada. Só pedi para ela parar de falar, respirar fundo e pensar em coisas boas. Daí passou, graças a Deus.

Enfim, mesmo após seus exames, se por exemplo 6 andares já forem muito cansativos pra você, pare neles. Com o tempo, você irá conseguir 7, 10, 13 e mais quantos andares você quiser e seu corpo aguentar.

A dica é: não tenha preguiça, mas também não tenha um infarto nas escadas.

Economia

Tendo em vista que pagava um pouco mais do que 100 reais por mês na academia, um outro benefício é com certeza a economia.

Porém, tome cuidado, pois à vezes o barato sai caro. Pra mim tem valido a pena porque eu REALMENTE levo a sério o treino durante 3 vezes na semana. Ou seja, eu não me boicoto e inclusive fico chateada quando não vou (por conta de trabalhos que não consegui conciliar, doença ou afins).

Se você é meio desanimada e não teria esse compromisso com você mesma, é melhor que pague uma academia, ou até mesmo um personal.

Eu, por exemplo, comecei fazendo não para economizar (falou a rica, né? kkk), mas sim porque passei aqueles estresses na academia que vocês já sabem. Porém, minha dedicação em me cuidar sem eles faz toda a diferença.

Na verdade, até quando “mato” um dia, tento compensar no outro. Por exemplo, ao invés de fazer segunda, quarta e sexta, mato sexta e faço no sábado, por exemplo. Tudo pra não me acostumar a furar meus compromissos comigo mesma, sabe? E assim ter os resultados esperados.

Não que tenha dado 100% de mim. Até porque é como o Thiago falou, podia fazer mais vezes ou mais rápido também. Mas ao menos tento não furar o básico que me prometi e logo abaixo a gente fala mais sobre isso.

Mas Lu, os resultados não são melhores indo pra academia?

Essa é uma ótima pergunta! Primeiro pelo motivo que acabei de dizer: em geral, as pessoas se organizam mais quando estão pagando. Porém, no meu caso aconteceu algo meio louco, porque fora o fato de eu não dar muito migué em nada que realmente queira nessa vida, nem se eu quisesse a escada me deixaria “passar a perna nela”.

Explico melhor: por exemplo, na academia você pode fazer um movimento incompleto, ou simplesmente fazer uma série a menos.

Nas escadas não! Se você subiu, tem que descer até chegar na sua casa (sem elevador, claro) e esse processo de subir escadas é “igual para todo mundo”.

Ok, você pode ir mais rápido ou mais devagar, mas acredite: se você não é nenhum atleta olímpico (meu caso), você sai bufando do mesmo jeito!

E ok 2, você pode usar mais as panturrilhas ou outras áreas (recomendo que deixe o pé sempre plano ao chão caso queira trabalhar mais as pernas e glúteos), mas mesmo assim, precisará fazer o esforço completo do subir.

Enfim, essa parte me ajudou ajudou muito porque eu simplesmente sei que, eu indo, terei que voltar.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por CACHOS – BELEZA – AUTOESTIMA (@pergunteaumamulher) em

Outros benefícios do treinos nas escadas

  • Fora exercitar a parte inferior, também é um ótimo aeróbico, pois cansa e sua pra caramba.
  • Falando em suar, ótimo pra pele e para a ansiedade/relaxamento. Isso significa melhor rendimento no trabalho e na vida.
  • Segurança: você está literalmente em casa.
  • Amizade com a vizinhança: não sei se você vai necessariamente gostar dessa parte, mas acontece. Você também pode ir em horários mais vazios e evitar as pessoas, claro.
  • Inclusive, você pode inspirar outras pessoas, inclusive familiares que convivem com você e sempre alegam não se exercitarem por falta de verba,
  • Se você faz o estilo blogueirinho da família, ainda pode filmar e fazer um conteúdo para seus stories, tal como eu faço e adoroooo kkk.
  • Já falei economia?

Por fim…

Os contras

Tem que se virar para treinar os braços e a parte superior em geral. Esse tema ficará para outro post, até porque estou começando a pensar nisso agora e minha meta (atualmente) tem sido mais as pernas mesmo, confesso.

E é isso, será que me esqueci de algo? Tente e depois me conte seus resultados!

Beijos!
signature

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário/dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.

Criei esse espaço para que a gente possa trocar nossos melhores truques sobre cabelos cacheados (mas nem sempre), saúde, beleza, autoestima e o que mais der na telha.

Previous
Como lidar com o problema dos mamilos invertidos?
Academia em Casa: os Benefícios de Andar de Escada – meu Treino Caseiro