Como descolorir o cabelo preto / escuro de forma saudável: Dá pra ficar ruiva ou loira ;)

Quando nosso cabelo é preto, parece que vai ser impossível descolorir e pintar de oura cor não é mesmo? Como se a cor preta fosse tão forte que, ao descolorir, ele se arrebentaria todo, rsrs. Porém, estou aqui pra te dizer que sim, dá pra descolorir o cabelo preto e ainda por cima arrasar na cor ruiva ou loira!

Antes de descolorir o meu, ouvia demais as seguintes frases: “Cabelo preto é a pior cor pra trocar depois“. “Pintou de preto? Agora vai ter que aguentar até crescer de novo e poder clareá-lo!

Será mesmo?

No fim, quando fui descolorir meu cabelo no famoso teste de mecha, ele abriu BEM mais do que eu esperava. Inclusive a própria técnica que fez o teste ficou chocada, rsrs.

Como descolorir o cabelo preto - teste de mecha
Teste de mecha

Mas o que será que eu fiz de diferente?

Não dá pra ser esperta sempre, mas dessa vez eu fui e tive a visão além do alcance kkk. Então, quando ainda era pretinha e nem sonhava em fazer uma mudança tão radical, mesmo assim eu ainda pensava: “VAI QUE…” e, desde então, começaram as preparações para algo que eu nem tinha 100% de certeza que seria feito, mas foi feito.

Aproveitei os benefícios – não os malefícios – da minha cor

Se tem uma coisa que pouca gente fala sobre o cabelo preto e que eu percebi é que, justamente por ele ser uma cor extremamente pigmentada, você não precisa ficar atochando o cabelo de tinta de tempos em tempos, como precisaria com a maioria das outras cores.

Isso significa que, pintando uma vez, você consegue manter essa cor por meses, ou a depender do caso (por exemplo o meu que era um castanho escuro) até mesmo por anos. Sem precisar ficar botando mais tinta em cima de tinta e, assim, ficando cada vez mais difícil de tirá-la.

Sendo assim,

Retocava apenas a raiz

No meu caso foi porque a “velheira” chegou pra mim e tenho fios brancos, porém, pode ser também que você seja naturalmente loira, ou demais colorações em que a raiz realmente precise de um retoque de tempos em tempos.

Sendo assim, tudo bem, PORÉM, se você pretende ter o cabelo mais preparado para mudar de cor, coloque coloração apenas na raiz, em mais lugar nenhum,

O motivo você já entendeu no início desse post.

E banho de brilho, pode?

Essa foi a única coisa que fiz algumas vezes no cabelo INTEIRO. Porém, diferentemente da tintura, o banho de brilho fica difundido com sua máscara de hidratação favorita + demais componentes, como ampolas, mel, bepantol, ou sei lá mais o quê que você gostar de colocar na sua misturinha. Isso significa muito menos poder de penetração do que a tinta. E se você não colocar OX (água oxigenada) na receita, o lance fica mais leve ainda.

Lembrando que a OX colocada no banho de brilho é sempre em pouquíssima quantidade, só uma colherinha de chá para dar “aquele sustinho” para a cor penetrar. Nada comparado às proporções da tintura mesmo. Mas mesmo assim, entra tinta e por isso mesmo também não exagerei nessa etapa.

Acho que em um ano fiz uns dois banhos de brilho apenas.

Cronograma capilar mantém seu cabelo forte

Isso significa mais chances dele não só receber, como segurar a cor!! E, ao contrário do que muita gente pensa que “é só fazer cronograma capilar após a química para que ele possa se recuperar”, você também tem que fazê-lo antes justamente para preparar os fios para todo o procedimento.

Já assistiu ao Vlog sobre quando fiquei ruiva? Tem mais detalhes e informações por lá:

Sem contar que cabelo forte reduz a chance de quebras e mais tudo aquilo que a gente já sabe. Isso significa um cabelo muito mais saudável, independente da cor em que ele abrir e puder receber após o teste de mecha.

5- Pesquise bem o(a) profissional e “stalkeie” ao infinito e além!

Vocês sabem que, tal como todo e qualquer produto na vida, existem qualidades e qualidades de descolorantes, né?

E mesmo que você ache que o profissional possa “mentir sobre o produto que ele usa”, sabe como você vai saber se ele é bom mesmo ou não?

Stalkeando o trabalho dele!

Fuce as redes sociais dele(a), veja as fotos do trabalho, veja as opiniões de quem já descoloriu, enfim, analise bem se esse profissional pode entregar o que você espera para você. Daí não vai ter dúvida: você vai ver como ficam as descolorações, colorações, mechas e tudo mais o que você quiser.

Só que assim, depois de escolhido, confie na opinião e no estudo dele, tá? Ou melhor, peça também opinião! Digo isso porque nem sempre o que a gente quer que seja feito, pode de fato ser feito ou será o melhor para o estado atual do nosso cabelo. Compartilhem as responsabilidades para um resultado melhor possível.

Se quiser saber mais detalhes ainda sobre esse assunto, assiste o vídeo abaixo que pode te ajudar também:

É isso, espero ter ajudado!

Beijos!
signature

Compartilhe

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário ou dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.