Como valorizar qualquer tipo de corpo? – Dicas e truques independentes do seu tipo físico

Baixinha, magrinha, gordinha, altinha: por mais que a gente veja na internet que existam – e existem mesmo! – truques específicos para cada tipo de corpo, também existem truques que eu chamo de universais. Ou seja, que valorizam todo e qualquer tipo de silhueta.

A não ser, claro, que você não se importe em valorizar os pontos fortes do seu corpo. Mas como você chegou até aqui, provavelmente quer sim, rsrs. Então, vamos lá?

Primeiro escolha a parte que você mais gosta e marque ela

Você acha sua cintura bem desenhada/marcada, gosta das suas pernas, ou até mesmo da sua saboneteira?

Pois então, é essa parte que você deve marcar em primeiro lugar quando quiser valorizar o seu corpo. A partir daí, as outras composições é que irão se adequando ao seu ponto forte, não o contrário.

Quando você centra na parte que você gosta, até quando você tenta se “zoar” você não consegue, rsrs.

Por exemplo: ainda que eu goste, mas não super ache que meu ponto forte sejam minhas pernas, a galera do Instagram costuma gostar muito quando mostro elas. E olha que interessante, eu sempre me senti meio desvalorizada quando usava roupas frouxas ou soltas demais. Isso até descobrir que gosto delas sim, desde que elas não tirassem o destaque do que costuma ser um ponto forte.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Luiza Costa (@pergunteaumamulher) em

Note que quando falamos sobre ponto forte, não é algo perfeito, zero defeitos. Isso, só Jesus Cristo. Mas sim algo que, apesar das imperfeições, as pessoas costumam elogiar/gostar em você como um todo.

Ainda que seja óbvio dizer que o importante é VOCÊ se gostar, uso o exemplo “das pessoas” porque, por mais que a gente super goste de pagar de “totalmente independente dos outros”, de uma forma ou outra elas acabam nos ajudando a nos ver melhor, ainda mais quando elogiam sinceramente pontos que às vezes a gente não dava o devido valor.

E olha que interessante, a princípio, essa montagem acima seria sobre como usar uma blusa “jogada” e fazer um milagre ao ajustá-la, só que, ironicamente, não é que as duas opções ficaram ótimas? Inclusive, muita gente preferiu a primeira! (basta ler os comentários dessa foto).

Ou seja, não esconda seus pontos fortes que assim você tem tudo para dar certo, até mesmo quando você estiver com um estilo “pijamão” como esse.

Se você não sabe, nem tem como pagar um profissional de colorimetria, as pessoas te dizem suas cores favoritas

Ainda que saibamos sobre o clássico de usar preto (para diminuir) versus branco (para aumentar), em geral, cor não é algo que necessariamente te deixará mais ou menos magra, ou mais ou menos gostosona, por assim dizer. Porém, é algo que pode te deixar mais bonita e mais iluminada sim!!

E aí, no todo da sua “essência”, acaba ficando mais atraente, claro.

Na dúvida, comece a reparar – ou tente se lembrar – quais são as cores que você usa que você mais se gosta em fotos, e também as cores que geralmente as pessoas que mais te amam e são sinceras com você dizem: “nossa, como você fica bem com ela“.

No meu caso, recebo elogios quando uso a cor preta e vermelha, e coincidentemente ou não, são cores que sempre me senti bem em usá-las.

Então você não usará cores fora da sua “paleta de cores”?

Não, rsrs, isso não quer dizer que você não fique bem em outras cores, mas sim que essas são as “cartas certas”, entende? No meu caso, quando quero receber mais elogios ou me sentir mais atraente, rsrs.

Note também a tonalidade da cor. Por exemplo, rosa é uma cor que aprendi a gostar, mas depende muito do tom. Percebi que, em mim, apenas rosa pink (aquele rosa bem forte e vivo) funciona legal, já o rosa clarinho, não.

Enfim, perceba essas nuances em você também enquanto testa outras cores.

PORÉM, mais importante do que as cores (fora o óbvio de você gostar e se sentir bem com elas) é:

O corte da roupa

Quais são os cortes que mais costumam te valorizar?

Comigo, por exemplo, a saia tem que ser longa de verdade (de preferência com fendas kkk), ou curta bem acima do joelho, não tem meio termo.

Do contrário e como sou baixinha, corro o sério risco de ficar mais “achatada”, e eu me gosto mais alongada.

A mesma coisa acontece com blazers: os mais alongados, como o próprio nome já diz, costumam me deixar do jeito que me sinto melhor. E em você? Como funciona?

Inclusive,

Use roupas que te façam se sentir poderosa, mas não precisa se vestir igual a Kim Kardashian

Isso não quer dizer uma roupa de festa ou mega produzida, mas sim uma roupa que te deixe se sentindo poderosa para a ocasião. Tipo quando você veste uma calça jeans com uma blusinha de seda branca basiquinha. Aí você capricha nos acessórios (por exemplo) e se sente linda, sabe?

Provavelmente é porque você está linda mesmo!

E mesmo quando “as outras pessoas não concordem visualmente falando”, vão começar a te achar mais atraente por causa do brilho que você emana quando se sente bem consigo mesma.

Por fim:

Saber fazer a união da roupa justa com a larga

Não por moralismo, ainda que claro, possa sim trazer uma informação de moda para quem gosta desse tema. Mas, por exemplo, se você acha que não tem muito peito, ou até tem mas não quer dar muita ênfase nesse ponto, você costuma usar uma roupa mais frouxinha, ou mais justinha nessa área?

Pois é: você tende a “apertar/acinturar” mais o que quer mostrar, e fazer o inverso para o que não quer, ou ao menos não é o seu foco do dia, e esse é um belo – e simples – truque!

O povo da moda falaria que isso é equilibrar o look, eu diria que é uma questão de fazer do jeito que valoriza mais o você quer valorizar no dia. Tipo quando usamos um blusão largo junto com shorts curto. Ou um top justinho com uma calça moletom larga, entende?

E é isso, gravei um vídeo falando coisas que não falei nesse texto (e vice-versa). Inspiração do momento, né? kkk Se quiser ver, tá aí:

Não se esqueça de seguir nas redes sociais para mais dicas como essa: Instagram, Facebook, Youtube.

Beijos!
signature

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário ou dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.

Criei esse espaço para que a gente possa trocar nossos melhores truques sobre cabelos cacheados (mas nem sempre), saúde, beleza, autoestima e o que mais der na telha.

Previous
Como diminuir o volume dos cabelos crespos e cacheados
Como valorizar qualquer tipo de corpo? – Dicas e truques independentes do seu tipo físico