Benefícios da Babosa para o Cabelo, Pele e Saúde: Como usar?

Quando se fala em formas naturais e receitas caseiras de cuidado com a pele e o cabelo, a Babosa (Aloe Vera) está entre os mais famosos do mundo, de tão poderosa que ela é.

Vai dizer que nunca reparou a quantidade de produtos que contém Aloe Vera na composição? Coisa pra caramba!

Mas por que ela é tão fod* (desculpa a palavra, rsrs) assim que todo mundo adora tanto?

Continua comigo que vou te dizer os benefícios da Babosa tanto para a nossa pele, cabelo e saúde.

Benefícios da Babosa para o Cabelo

Pra começar, vamos ver os principais benefícios de usar a Babosa no nosso cabelo e couro cabeludo:

Fortalece os fios, previne a queda e estimula o crescimento capilar

A Babosa têm propriedades que recuperam a força dos cabelos, agindo também nos folículos capilares (onde nascem os fios), prevenindo assim a queda, aliviando a caspa e dando aquela impulsionada no crescimento.

Top demais!

Hidrata profundamente

Rica em vitaminas A, B1, B2, B3, B6, minerais e aminoácidos, é ótima para cabelos ressecados, pois consegue devolver a umidade e nutrientes perdidos, além de ajudar na regeneração da fibra capilar.

Controla o excesso de oleosidade no couro cabeludo

Apesar de ser super hidratante, ela também consegue ser uma das formas mais eficazes de controlar a oleosidade. Inclusive, muitos produtos feitos para esse fim levam Babosa na composição.

Dá brilho aos cabelos

A Babosa também cria uma película protetora nos fios, que sela as cutículas e dá mais brilho.

Protege contra os raios UV do Sol

Essa película criada pela Babosa, além de dar brilho, funciona como protetor solar, protegendo o cabelo dos raios UV.

Controla a caspa

Por fim e como já dito brevemente nesse post, ainda consegue aliviar a caspa, já que ela possui propriedades cicatrizantes e anti-inflamatórias, agindo diretamente na inflamação causadora da caspa.

Benefícios da Babosa para a Pele

Depois de tanta coisa boa para o cabelo, a Babosa ainda tem uma lista gigante de benefícios para a pele, tanto que, na indústria cosmética, ela é mais famosa pelo cuidado com a pele do que com o cabelo, cê acredita? Rsrs.

Hidrata e refresca a pele

Suas propriedades hidratantes hidratam tanto o cabelo como a pele – do rosto e do corpo – além de dar uma sensação de frescor.

Anti-idade, diminuindo as rugas e linhas de expressão

A Babosa também estimula a produção de colágeno. Ou seja, ajuda no rejuvenescimento da pele, diminuindo as rugas e linhas de expressão.

Curiosidade: há quem diga que a Cleópatra era usuária da Babosa para a pele, sendo considerado seu “segredo de beleza”. Será mesmo?

Têm ação cicatrizante e anti-inflamatória

Estimula a regeneração celular da pele, sendo muito boa para cicatrizar feridas, irritações e queimaduras a depender do grau. Serve inclusive para combater acnes e espinhas.

Alivia picadas de inseto e dores

O gel da Babosa, além de tudo que foi dito, ainda tem propriedades anestésicas, que aliviam dores musculares e picadas de insetos.

Demaquilante

E não é só isso, kkkkk. A Aloe Vera inda serve para tirar a maquiagem! Coloque o gel num algodãozinho e passe no rosto como demaquilante. Se fizer uma misturinha com soro fisiológico, fica top!

Benefícios da Babosa para a Saúde

A Babosa também pode ser usada como suco, o que pode trazer vários benefícios para nosso corpo.

Só não se esqueça de sempre retirar a aloína em qualquer uma das receitas desse post, tá? Mas falaremos melhor sobre ela mais adiante.

Ajuda a tratar gripes e inflamações como bronquite e rinite

Por ser anti-inflamatório e ter ação antibiótica, o suco da Babosa ajuda bastante contra inflamações como bronquites e rinites, além de combater a gripe.

Melhora o sistema digestivo

Age no sistema digestivo, reduzindo inchaço e irritação do estômago, além de ter propriedades antiácidas que ajudam contra azia e indigestão.

Também ajuda contra irritações no intestino delgado.

Aumenta a imunidade do organismo

Suas vitaminas e aminoácidos estimulam a produção de linfócitos, que são células que combatem os vírus e bactérias.

Combate o envelhecimento

Por ter ativos antioxidantes e desintoxicantes, a Babosa combate os radicais livres, que são os responsáveis por envelhecerem nossas células.

Desintoxica os rins e o fígado

Os ativos desintoxicantes também conseguem desintoxicar os rins e o fígado, regulando suas funções.

Contraindicações do suco de Babosa

A ingestão da Babosa não é recomendada para crianças, grávidas, lactantes e pessoas com inflamações nos ovários, no útero, pessoas com pedras na bexiga, hemorroidas, fissuras anais, disenterias, apendicite, cistite, prostatite… ufa!

E é aquela: consulte sempre o seu médico, né?

Como usar a Babosa

Depois de tantos “milhões” de benefícios é claro que a gente quer aprender como usar logo a Babosa, né não? Porém, fique de olho no seguinte:

  • Atenção: ressaltando o que já foi dito ao longo desse post, é super importante dizer que a folha da Babosa, quando a gente corta para usar, solta aloína, que é um líquido amarelo de cheiro forte. É sempre recomendado retirar a aloína, pois para algumas pessoas pode ser tóxico quando ingerida, além de poder causar coceiras e irritações na pele e couro cabeludo.

Para retirar a aloína, basta deixar as folhas em uma pia ou em cima de um papel toalha, por umas 2 horas, para que ela escorra para fora.

Preparando o gel de Babosa

Passo 1 – Lave bem as folhas

Depois de retirar a aloína, lave as folhas com sabão ou detergente, retirando toda a sujeira para evitar a contaminação do gel, que é a parte transparente que vamos usar.

Passo 2 – Corte os espinhos da folha

Os espinhos podem te machucar, além de atrapalhar bastante, então tire fora com uma faca.

como cortar a folha de babosa
Tire os espinhos

Passo 2 – Tire a “casca” da folha

Com a faca, corte fora a parte verde da folha.

Tire a "casca" da folha de babosa

Passo 3 – Retire o gel

Para retirar o gel, você pode raspar com a faca ou usar uma colher, como na foto abaixo:

retire o gel da babosa

Passo 4 – Bata no liquidificador

Depois de separar todo o gel das folhas, com um pouco de água, coloque no liquidificador para bater e criar uma pasta líquida.

Se for bater para fazer suco, adicione limão ou laranja, para dar sabor e evitar a oxidação do suco. Além do benefício da vitamina C.

  • Certifique-se de não deixar nenhuma partezinha verde grudada no gel. Ou seja, verifique se retirou completamente todos os resíduos da casca da folha.

Usando a Babosa no cabelo

Com a pasta líquida pronta, você pode passar direto no couro cabeludo e nos fios, massageando bem para ela penetrar de forma satisfatória na área e trazer todos os benefícios que queremos.

Deixe agir por 1 ou 2 horas e enxague.

Se quiser ousar, você também pode fazer misturinhas. Por exemplo, misturando com Bepantol, com óleos vegetais ou ainda enriquecendo suas máscaras de tratamento.

Usando a Babosa na pele

Aqui é só passar o gel na pele mesmo. Pode passar direto na mão ou colocar numa buchinha, tanto faz.

O procedimento é igual quando passamos creme. Ou seja, passe o gel nas mesmas áreas do rosto e do corpo que você passaria seu creme. Passe nas feridas, acnes e espinhas também, para tratá-las.

Depois é só esperar secar naturalmente na pele mesmo. É recomendado usar de noite, e aí pela manhã você enxágua.

Usando a Babosa para a saúde

Depois de pronto o suco (gel batido com limão ou laranja), espere a espuma descer e beba.

A quantidade recomendada é de mais ou menos 60 ml por dia, sendo preferível dividir em 3 doses de 20 ml. Ou seja, você tomaria 20 ml 3 vezes ao dia.

Porém, é importante saber que a ANVISA não liberou nenhum suco ou alimento industrializado à base de Babosa, ou seja, se achar algum produto desse à venda, não compre. E claro, converse sempre com seu médico antes de ingerir esse suco como possível medicamento natural.

E é isso! Espero que tenha curtido e qualquer dúvida manda aqui embaixo.

Beijos!
signature

Compartilhe

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário ou dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.