Como ser atraente, mesmo estando acima do peso?

Uma seguidora do Instagram perguntou pra mim: “Lu, como se sentir atraente, mesmo estando acima do peso?” (vou pedir mais vezes por lá, que nem fazia no pergunte, só que com outros temas) e achei interessante começar esse post com uma foto que explica muito do que vou dizer: a gatona Cléo Pires exatamente na fase em que ela estava acima do peso:

Cléo Pires atraente acima do peso

Acha que tinha que ter uma verdadeira plus size sensual? Arrumamos também!

Atraente acima o peso

Me diga, você acha que essas mulheres não são sensuais?

Provavelmente acha que são. Então, por que isso acontece, se ela estava acima do peso? A resposta que provavelmente você pensou é que o seu caso é diferente. E eu te respondo: é sim, mas não por você estar acima do peso, mas sim por não ter pensado o suficiente sobre isso.

Então vamos às dicas para que você se sinta melhor com sua própria aparência:

Sensualidade vem de dentro

Não é à toa que vemos direto mulheres magérrimas ou gostosonas que não são nada sensuais, por que isso? Porque a sensualidade vem de toda uma postura; e essa postura, desculpe o clichê, de fato começa de dentro. De como elas se sentem, para aí então elas externalizarem esse sentimento e o povo de fora perceber, por assim dizer.

Validação

Chegamos ao papo que pouca gente gosta de conversar sobre, mas é importante: a questão da validação. Perceba que, por mais que você diga que não se importa com os outros, ou que está fazendo por você mesma, você percebe o quanto esse seu sentimento está embutido na questão da validação do outro?

Do contrário, muito provavelmente você não iria se sentir mal por estar “fora dos padrões de beleza”, entende?

E olha que interessante: independente do tipo físico, pessoas realmente sensuais não costumam ligar pra isso. Ou melhor, até ligam (todo mundo liga em algum ponto. Do contrário, não seriam seres humanos), mas não a ponto de ficar se paralisando por isso, percebe a diferença?

Ficam tristes e sentem todos os sentimentos que todo mundo sente? Lógico! Mas a diferença é que: vida que segue e não é por isso elas deixarão de lutar por si mesmas.

Roupas estilo Kim Kardashian

É comum que nossos esteriótipos de mulheres poderosas nessa área usem roupas no estilo das Kardashians. Porém, fora o óbvio da gente não precisar disso para ser sensual, também vem o seguinte paradoxo: muita mulher se veste assim justamente por se sentir sensual, sabe?

Daí não têm vergonha das transparências, dos decotes ou de não aparecer “nada” na roupa justa que seja. É claro que nem todas usam e você também não precisa disso para ser sensual, mas achei válido o raciocínio para que você entenda a lógica que rola entre muitas dessas mulheres.

Isso também tem a ver com o fato da maioria delas gostar das próprias curvas, que em basicamente no mundo inteiro são vistas como parte forte da sensualidade de qualquer mulher, independente do peso da mesma.

E olha que interessante, você já reparou que não necessariamente essas mulheres são 0% gordurinhas? E não necessariamente possuem partes avantajadas? Muitas inclusive usam o famoso truque de maquiagem, só que nas roupas!

Ou seja, fazem o famoso “realçar as partes do corpo que mais gostam, enquanto disfarçam as que não gostam tanto”.

Sei que nessa época de empoderamento feminino muitas meninas podem se sentir ofendidas por eu falar isso, mas eu penso assim: justamente pelo empoderamento que você tem sim o direito de não gostar tanto de certas partes do seu corpo. Ou melhor, quem é que gosta de 100% do seu próprio corpo?

Porém, isso não quer dizer que você não tenha amor próprio, que não se ame, enquanto, mais uma vez, corra atrás de valorizar seus pontos fortes.

Sendo assim, da mesma forma que você, por exemplo, não gosta da sua “boca mais fininha” e quer uma “boca maior” e você usa truques em relação a batons, gloss e até mesmo contornos de boca, por que não usar, por exemplo, cortes de roupas e cores que te façam se sentir mais poderosa? E se precisar de enchimento, manda bala também!

Ah, mas aí eu estaria enganando as pessoas“.

Ué, mas maquiagem todo mundo usa a rodo e também é uma enganação kkkk. Sem contar que o principal aqui é lutar pela sua autoestima e, se for levar ao pé da letra, até uma barba bem feita e um bom corte de cabelo, no caso dos homens, tem seus truques, né?

A indústria da beleza e dos cosméticos existe pra isso mesmo. Aproveite, mulher!

Lute pela sua autoestima

Tá prejudicando alguém? Não? Então ótimo, faça o que te faz feliz, inclusive dietas, academia e o que for preciso. Não é porque sua amiga é feliz em ser gorda/magra/alta/baixa/alienígena, que você precisa ser. E óbvio, o mesmo vale para todos os tipos de corpo.

Corpo perfeito é o que te faz se sentir bem, esse sim é seu padrão de beleza (usando mais um clichê realista aqui).

Gosto de reforçar esse ponto porque essa história de nos aceitar como somos – que muitas mulheres que se dizem empoderadas pregam – pra mim acaba sendo uma espécie de “ditadura” também. E se você quiser mudar algo, qual é o crime?

Entenda que tá tudo bem você seguir uma menina plus size super linda, poderosa, estilosa e sensual, e, apesar de ter tentado, você não conseguir transparecer o mesmo que ela. Nessa hora a gente chama a famosa autocrítica e fala: “Ok, essa teoria não funcionou para mim“. E tá tudo bem!

Então você corre atrás do prejuízo se matriculando num curso de meditação ou em uma academia que seja (acredito que a mudança interna pode começar da externa e vice-versa) e pronto! Deu mais um passo a favor de você mesma e da sua felicidade.

Só por favor, não se engane e nem culpe os outros, tá?

Abaixo tem o vídeo sobre esse mesmo assunto, mas com outros detalhes que podem te ajudar também:

Beijos!
signature

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário/dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.

Criei esse espaço para que a gente possa trocar nossos melhores truques sobre cabelos cacheados (mas nem sempre), saúde, beleza, autoestima e o que mais der na telha.

Previous
Cabelos fracos, quebradiços e caindo: como fortalecer o cabelo e tratar esse problema
Como ser atraente, mesmo estando acima do peso?