Como lidar com o problema dos mamilos invertidos?

No post de hoje entrevistei a Gio pra contar pra gente o que é e como lidar com o problema dos mamilos invertidos, que pouca gente conhece, mas incomoda muitas mulheres.

Enfim, esperamos ajudar muita gente e bora pra entrevista 👏🏼


Luiza: Bom dia/Boa tarde/Boa noite Gio!

Te chamei aqui pra tentar ajudar outras seguidoras com o problema de mamilo invertido e muito obrigada por ter aceitado meu convite. Vamos às perguntas? o/

Gio: Bom dia Lu! Te agradeço por ter me convidado, espero que a gente consiga ajudar outras meninas que passam por esse mesmo problema. Pode mandar a perguntas.

Luiza: Você disse existir três tipos de mamilos: os “normais”, ou “planos” e os “invertidos”. Só para as leitoras se encontrarem, você poderia dizer brevemente as diferenças entre eles?

Gio: Sim! Os normais são os mamilos protusos, os quais possuem o bico projetado à frente da auréola, que podem variar de tamanho. É o tipo mais comum, a maioria das mulheres tem o mamilo normal.

Os planos são mamilos que só se projetam caso forem estimulados, passando a maior parte do tempo no mesmo nível que a auréola, e os invertidos são mamilos voltados pra dentro do peito, com a aparência como se fosse um buraquinho na auréola.

Tipos de Mamilo
Tipos de mamilo

Luiza: O seu é invertido e você saberia dizer se existe uma causa para isso?

Gio: No meu caso, eu nasci com o mamilo dessa forma, é hereditário, minha mãe e minha avó também tinham o mamilo assim. Mas também pode não ter ligação genética, às vezes é somente uma má formação no mamilo que causa a retração, e caso o mamilo seja normal e se torne invertido sem explicação, é necessário ir ao médico, pois pode ser sintoma de câncer de mama.

Luiza: Também vi seu “sofrimento” até encontrar algo que realmente funcione, você poderia contar mais sobre?

Gio: Ao fazer pesquisas, quase não se encontra métodos pra quem quer corrigir esse problema por fins estéticos. As soluções encontradas envolviam cirurgia ou uma massagem específica para projetar o mamilo pra fora, a qual não surtiu efeito em mim. Algumas pessoas também relataram que colocar piercing no mamilo invertido ajudava a corrigir, porém, também fiquei com medo de só sentir dor e não dar certo.

Conversando com minha mãe, ela disse que o mamilo dela corrigiu após amamentar, por conta da sucção. Pesquisei sobre corretores de mamilo, que são especificamente feitos para grávidas com o mamilo plano ou invertido conseguirem facilitar a pega do bebê, mas não sabia se isso daria certo para pessoas que não são lactantes. Os corretores de mamilos vendidos nacionalmente estão acima de R$ 50,00, mas comprei de um site internacional (AliExpress) por R$ 17,00, já incluso o frete. Porém, havia ganhado um cupom e sem o cupom acho que daria uns 30 reais. Não paguei taxa aqui no Brasil também.

Enfim, todos funcionam da mesma forma e felizmente deu certo, está me ajudando muito a corrigir esse problema.

Luiza: Deixa eu ver se entendi: apesar de muita gente não comprar os corretores para lactantes (é assim que chama? kk) apenas porque não estão amamentando e optam por comprarem apenas os “corretores de mamilos”, não sabem que, no fim, ambos dão os mesmos resultados e estão apenas voltados (no rótulo) para públicos diferentes? Se sim, acho que quem quiser já pode ir em qualquer farmácia comprar os de grávida mesmo, né? kkk

Gio: Na verdade, todos os corretores de mamilo são direcionados especificamente para lactantes. Quase não se tem informação se eles funcionam pra quem não é. Eu resolvi testar e deu certo, por isso, resolvi passar a informação adiante. Mas respondendo à pergunta: sim, os nacionais, vendidos em farmácia como da Lansinoh, funcionam da mesma forma. Pra quem não quer esperar receber a encomenda, é uma boa opção.

Sem contar que quem quer corrigir por estética é meio ignorado, quase não se fala sobre isso. Tem muita mulher que nem sabe que o mamilo é invertido, só vai perceber o problema quando engravida e precisa se preparar para amamentar. Porém, esse tipo de mamilo também causa outros problemas, sendo mais propício a infecções por conta do formato, a acumular sujeirinha e secreção, etc.

Então, o problema vai um pouco além da estética.

Luiza: Agora uma polêmica: tem gente falando que usar esse objeto pode fazer mal, causar ferimentos e afins, que tem que procurar um médico, etc e tals, o que você acha sobre isso?

Gio: Eu não acredito que possa fazer mal, pois a sucção é muito baixa, não é suficiente pra obstruir a vascularização do mamilo. Funciona como se fosse um bebê chupando o bico. Porém, é necessário lubrificar o mamilo antes, pois o corretor puxa o mamilo pra fora e, ao esticar a pele, pode machucar. Eu uso com uma pomadinha hidratante e deixo por alguns minutos, nem dá pra sentir. É como se você estivesse fazendo um exercício pra acostumar o mamilo a ficar pro lado certo.

Luiza: Qual pomada você usa atualmente?

Gio: Eu uso a Bepantriz. Ela é indicada para usar nos mamilos, inclusive quando a amamentação causa fissuras.

Luiza: Então é isso! Muitooooooooooo obrigada pelas respostas!!! Tem mais alguma coisa que você gostaria de adicionar ou julga importante?

Gio: Gostaria de salientar para, caso alguma menina esteja se sentindo diferente ou com a autoestima baixa, que saiba que existem muuuuitas mulheres com esse traço físico e que não existe nada de anormal nisso. E caso se sinta desconfortável, saiba que tem sim como corrigir sem precisar passar por cirurgia.

Se quiser deixar meu contato pra caso alguém precise de ajuda ou tenha mais duvidas sobre isso, pode deixar meu instagram, que é @gio.pedroso. Estou à disposição pra auxiliar outras meninas que tenham dificuldades em relação a isso ❤

Beijos!
signature

Compartilhe

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário/dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.