Coletor menstrual: prós e contras de usar

Menstruação: o grande desconforto de todas as mulheres. Se não for pelas cólicas, pelo fluxo, ou claro, pelos desafios de não se sujar em si. Existe uma gama de absorventes no mercado: os tradicionais, os internos e, lançados há não muitos anos atrás, os famosos – e polêmicos – coletores menstruais.

Depois de alguns anos usando, me achei com experiência suficiente para compartilhar os prós e os contras com vocês. É claro que, como a gente já sabe, gosto é gosto e tudo dependerá da adaptação de cada mulher com o formato x ou y. Então, vale falar que contarei sobre minhas experiências + de leitoras e amigas. Enfim, o que sei e acumulei de informação durante esses anos de uso e espero que te ajude.

O que é um coletor menstrual?

Também conhecido como “copinho”, o coletor menstrual nada mais é do que um objeto hipoalergênico e reutilizável que, ao ser inserido corretamente no canal vaginal, retém o fluxo de sangue da menstruação.

Antes de escolher o seu coletor, comece com uma ida ao ginecologista para conversar sobre seu canal vaginal, fluxo, etc

Essa parte é importante porque, quando você for escolher seu coletor ideal (já chegaremos nessa parte), é bom que você saiba se o seu canal vaginal é curto ou não, e se seu fluxo é fraco, forte ou moderado. Bem como se é virgem ou já teve filhos (essa parte, junto com sua idade, você não precisará perguntar para a ginecologista, claro rsrs).

Com essas informações em mãos, vamos ao segundo passo:

Como escolher o coletor menstrual ideal para você?

Já sabendo das informações acima, a primeira coisa que eu recomendo é que você tenha tempo de ir a algumas farmácias, de preferência as grandes, visto que sabemos que cada rede costuma vender algumas marcas em específico que a outra não vende. Você também pode fazer isso através da internet, vendo a especificação de cada produto/marca em cada site.

Lá em Brasília, por exemplo, existe a rua das farmácias, perfeita para ver as várias opções. Você até pode – e deve – fazer uma pesquisa de preços, porém, o mais importante é escolher a marca que possui o formato mais perfeito para você.

Uma pessoa que tem o fluxo super forte, já teve filhos e não possui o canal curto, muito provavelmente poderá usar coletores maiores e/ou mais largos, e por aí vai.

Já escolhi meu coletor. E agora, como colocá-lo?

Cada uma se sente confortável de uma forma: eu gosto de fazer de cócoras, dobrando um pouco ele, até chegar a hora de soltá-lo lá dentro. Depois, verifico “se o vácuo foi formado”. Ou seja, se ele está tendo resistência para sair do meu canal e está tudo certinho.

Tem gente que gosta de colocar com as pernas para cima, mas eu acho mais complicado.

E como tirar o coletor menstrual?

Com as mãos limpas, coloque um dedo na lateral do produto, quebrando assim “o vácuo” gerado. Depois, é só removê-lo, puxando delicadamente.

  • Atenção: para não sujar o chão com o sangue retido nele, faça isso usando o vaso sanitário ou durante o banho.

Como limpo meu coletor menstrual?

Depois de lavá-lo com sabonete neutro, gosto de usar água fervente + um pouco de vinagre dentro de uma xícara de vidro (xícara que uso só para esse fim). Deixo de molho até a água esfriar, e está pronto.

Quanto tempo posso ficar com o coletor menstrual?

Essa informação também está no rótulo de cada produto. Porém, não recomendo muitas horas, pois fora correr o risco de vazar, querendo ou não ele também fica retendo sangue por muito tempo.

O recomendado no geral é de 6 em 6 horas (para fluxos mais intensos), ou até 12 horas direto.

Posso dormir com o coletor menstrual?

Pode!! Eu durmo e, graças a Deus, nunca tive problemas. Porém, se você estiver em um dia de fluxo muito forte, recomendo colocar um protetor para evitar algum tipo de vazamento. Nos demais dias, não precisa.

O coletor menstrual pode vazar?

Claro! Não só se você escolher o tamanho errado ou encher o potinho com sangue (aí claro que vaza), como também se você colocar errado. Ou seja, não gerar “o vácuo” necessário para que ele fique lá quietinho.

Mas calma, isso você pegará o jeito facilmente quando começar a usá-lo, e quando tiver algo errado, você já saberá identificar.

Usei coletor e senti dores: isso é normal?

Com certeza não!!! A ideia é que você nem o sinta, por assim dizer.

Se isso acontecer, verifique se você não colocou de forma errada ou escolheu um tamanho errado para você. Se o problema persistir, procure um médico e suspenda o uso.

Existe alguma contraindicação do uso do coletor menstrual?

Em geral, as contraindicações são para mulheres que ainda são virgens, ou as que acabaram de ter um bebê. Porém e mais uma vez, converse com seu médico a respeito.

Explicado o básico, agora vamos aos prós e contras do uso do coletor:

Prós de usar coletor menstrual

  • Mais higiene;
  • Menos lixo no meio ambiente;
  • Mais economia, visto que um coletor pode durar por até dez anos, e o absorvente tem que ficar comprando todo mês;
  • Maior segurança contra vazamentos, desde que você o coloque corretamente;
  • Menos chances de infecções, visto que o coletor não fica “cozinhando” que nem um absorvente comum, mas sim apenas retém o sangue;
  • E como o sangue não fica tendo contato com o ambiente externo, evita também o mau cheiro.

Contras de usar coletor menstrual

Sinceramente? O único contra que vejo é se a pessoa não se adaptar mesmo. De resto, para ser melhor do que isso é só se não existisse a tal da menstruação, aí sim seria perfeito.

Eu uso há anos e não me vejo mais usando os absorventes comuns, a não ser em caso de urgência (estar viajando e não ter o meu coletor por perto).

É isso, siga nas redes sociais (InstagramYoutubeFacebook) para mais dicas legais como essas e até mais!

Beijos!
signature

Cadastre-se pra não perder nenhum post!

Cadastre-se com seu e-mail pra receber todos os posts e novidades!

Deixe seu comentário ou dúvida:

Ou, se preferir, comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário ainda.

Criei esse espaço para que a gente possa trocar nossos melhores truques sobre cabelos cacheados (mas nem sempre), saúde, beleza, autoestima e o que mais der na telha.

Previous
Como dar mais volume no seu cabelo – cacheados, crespos ou lisos
Coletor menstrual: prós e contras de usar